domingo, 9 de julho de 2017

Das corridas... - XXV

Resolvi fazer novo plano de treinos para aquela-prova-cujo-nome-eu-não-vou-mais-repetir-até-a-acabar. Na verdade, resolvi voltar a correr, que era coisa que não andava a fazer.

Também não tenho feito muito, que este recomeço é coisa recente e já conta com umas falhas, mas sei que até ao final do mês (quando acabo as aulas), não posso exigir milagres.

Olho para o plano e acho que não vou ser capaz. São demasiados treinos longos. Sei que não vou ter paciência. Sei que, em pleno Verão com muito calor, o meu corpo não vai gostar de treinos de 20, 24 e 28km. Sei que vai ser uma luta dura e difícil. Mas também sei que, se conseguir, vai ser qualquer coisa...

Nos entretantos, descobri que o treino mais longo que tenho para fazer calha no dia da Maratona de Lisboa. E de que é que eu me lembrei? Aproveitar a boleia, pois claro. Saio de casa a correr, desço até à Marginal, colo-me a quem vai a fazer a Maratona, aproveito as estradas cortadas (isto será legal?), e depois, em vez de seguir para a meta, continuo por essa cidade fora, sempre junto ao rio, até perfazer os 32km, que terminam precisamente no subúrbio onde mora quem mais me atura e acompanha nestas loucuras. Acho que dificilmente podia calhar melhor!

Eu tenho o plano, tenho a estratégia, tenho tudo pensado ao pormenor.

Haja vontade e força nas pernas!

15 comentários:

  1. Agora é tentar ... mas tentar mesmo com força e convicção ;) ...oupas

    ResponderEliminar
  2. Para se fazer uma prova com a distância dessa-que-não-pode-ser-mencionada, o maior segredo é querer muito. Tendo toda a vontade do mundo para lhe cortar a meta, o resto vem com um doce sabor.
    Há quem se queixe dos meses de preparação, eu adoro essa fase. E adoro porque sei que estou a construir algo que vai permitir ter uma sensação que não se consegue explicar, terminar uma prova com a distância dessa-que-não-pode-ser-mencionada.
    O melhor conselho que posso dar é visualizares vezes sem conta a tua chegada e todo o orgulho que irás sentir. Idealiza esse momento pois nas alturas que a coisa está a custar, é a ele que vais buscar forças e não te vai permitir parar. Força que a recompensa é inigualável!!!!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não se importarem vou aproveitar este conselho para mim mesma ainda que, para já, tenha apenas o objetivo de percorrer metade da distância-que-não-pode-ser-mencionada :)

      Eliminar
    2. Muito, muito obrigada pelos conselhos, João. Valoriza muito a voz de quem tem anos disto, e muitos milhares de kms nos pés!

      Como em todas as preparações, há momentos melhores e momentos piores, mas essa ideia de saber que cada treino só serve para melhorar o resultado final, dá sempre um grande conforto!

      Ainda não conheço essa sensação... Mas espero um dia poder falar sobre ela :)

      Eliminar
    3. Fabiana: aproveita os conselhos todos, que o João sabe o que diz :)

      Eliminar
    4. "O melhor conselho que posso dar é visualizares vezes sem conta a tua chegada e todo o orgulho que irás sentir. Idealiza esse momento pois nas alturas que a coisa está a custar, é a ele que vais buscar forças e não te vai permitir parar. Força que a recompensa é inigualável!!!!"

      Não imaginas as vezes que o João me disse isto no ano passado. E, já agora, não imaginas as vezes que li e reli isto numa altura em que já estava inscrito para o Porto mas ainda não tinha dito a quase ninguém: http://joaolimanet.blogspot.pt/2016/03/barcelona-historia-da-minha-sexta.html

      Eliminar
    5. Se a ideia era fazer-me chorar, conseguiste ;)

      Esse conselho (e o que li agora), vai estar muito na minha cabeça, tenho a certeza!

      Eliminar
    6. Chorona! :)
      Valeu a pena, não valeu?

      Eliminar
  3. Não tenho experiência para aconselhar, mas...essa ideia de te diluires na multidão e fazeres um treino longo em condições óptimas, é muito atractiva!
    Com vontade, com ganas e com algum vernáculo à mistura (indispensável!), certamente vais conseguir treinar o necessário!

    Bons treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah! Com muito vernáculo, certamente :)

      Obrigada, igualmente!

      Eliminar
  4. Na altura da Maratona de Lisboa devo estar 'semi-morta' pela Meia Maratona do Porto que será a minha primeira (17 de Setembro). Se as coisas correrem muito bem e estiver em forma (ou perto disso) posso colar-me a ti para percorrer 'ilegalmente' alguns quilómetros do percurso :)

    32k é imenso! Foco na meta como diz o João Lima e bons treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vais estar recuperadíssima :) E a pensar na próxima! Eheheheh :) És bem-vinda na colagem e na ilegalidade!

      Bons treinos!

      Eliminar
  5. Parece-me uma boa ideia essa colagem. Aproveito para dizer que usaste duas vezes o nome da prova cujo nome não pode ser dito. :P

    Não é nada ilegal - longe disso! Apesar de ser um dia complicado para mim, tenho um amigo que se vai estrear na distância nessa prova e estava a pensar em tentar acompanhá-lo um pouco, se conseguir estar presente.

    Força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah! Eu só não refiro a minha... As outras não contam ;)

      Fazes bem! Também vais estar em modo treino nessa altura!

      Eliminar